quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Uma história com final previsível

O pai falava que o filho deveria sempre acreditar em seus sonhos: tudo o que ele quisesse seria possível. Não era para o garoto ouvir o pessimismo dos outros; se ele confiasse em si mesmo, nada seria inalcançável. "Acredite, filho, você pode voar!"

Ele acreditou. Saltou da janela e morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário